segunda-feira, janeiro 01, 2007

Ano Novo... sim, Ano Novo!

Enfim chega o ano de 2007. Muitas esperanças, metas, promessas de fazer regime, de melhorar, parar de fumar e beber, ganhar mais dinheiro, de um mundo melhor. Ficarei mais feliz se pelo menos metade destas metas se mantenham quando Agosto chegar, pois até lá, o duro cotidiano de São Paulo já terá judiado e testado a fé de muitos, após o carnaval. Na prática, é só mais uma convenção social, como as pessoas que falam "Deus me livre!" e nem acreditam nele. A pessoa que desejou muita paz em 2007, talvez em Março, esteja xingando alguém no trânsito ou desejando a pena de morte porquê foi assaltada. Assistindo a tv outro dia, pouco antes do Natal, um rapaz perguntou com certa indignação sobre a hipocrisia de muitas pessoas, que passam o ano inteiro brigando e mau tratando uns aos outros e depois, se reunem nas festas de fim de ano, todos amáveis. Eu também tinha esta indignação, até escutar sabias palavras à respeito disso. Ainda bem que pelo menos uma vez por ano essas pessoas fazem isso, imagine se fosse o ano inteiro de negatividade! E quem sabe alguém acaba mudando sua conduta e se torne uma pessoa melhor? Este ano de 2006 terminou tranquilamente para mim, em casa, com meu pai e meu irmão, assistindo os Blues Brothers pela enésima vez e com muito sono no final, pois às 7h da manhã do último dia do ano, já estava de pé. Não ví a contagem regressiva, queima de fogos, só o barulho deles embalando meu sono. O meu Reveillon já havia acontecido. Não, não foi Ano novo Chinês, Árabe ou Judaico. Já no início do último mês de 2006, já tinha tomado decisões importantes em minha vida. Não esperei as simbologias e convenções sociais para tomar atitude. Sabemos que muitas metas e promessas se vão como as bolhas do champagne e os fogos de artifício. Mas não percamos a nossa esperança, se uma pessoa manter suas metas positivas e coletivas até o fim deste ano, já é uma vitória. Desejo de coração que todos tenham um ano de boas novidades e alegria em suas vidas, que o espírito de coletividade, amizade e benevolência esteja cada vez mais presente.

2 comentários:

Disparos Do Front disse...

feliz 2007 para você também;
então para começar o ano bem porque você não coloca o cd do albert ayler na impluse! para download no blog?
eu agradeço desde já;

abraço,
jr - ...

akirarw disse...

valeu, mas se puder me dizer qual cd é e como fazer isso, agradeço. realmente não manjo esse lance.abs

 
 
Studio Ghibli Brasil