quinta-feira, dezembro 30, 2010

Combat Tour Live: The Ultimate Revenge (1985)





video

Sem dúvida este foi um dos presentes mais agradáveis deste ano de 2010. Sinceramente não tinha muitas esperanças de rever este homevideo que foi lançado originalmente em VHS, que era o formato disponível da época, em meados dos anos 80. Me trouxe à memória as tardes que eu passava na mítica mureta na ladeira da rua Dr. Falcão, em frente ao metrô Anhangabaú, no centro de São Paulo. Esta mureta ficava em frente da famosa loja especializada em heavy metal, a Woodstock Discos, do Walcir, que logo depois apresentou o progama de rádio Comando Metal, na 89fm. A Woodstock Discos era o grande ponto de encontro dos headbangers e dividiu esta posição com a Galeria do Rock. Lá eu fiz muitas amizadades, comprei fitas k7 de gravações dos discos importados, camisetas, os primeiros lançamentos pelo selo Woodstock. Me lembro quando tinha chegado o primeiro lote do split album do Sepultura/Overdose e lá estava o Toninho para me indicar o primeiro disco da então desconhecida banda de BH. O pessoal trocava material, como recortes de revistas e gravações, pois naquele tempo, não tinha a net e o acesso aos cd's e lp's, que vinham de fora. Era mais difícil obter material, quanto mais material em video. Quem imaginaria poder acessar um youtube e ver um videoclip em casa ou numa lan house nos anos 80? Então a Woodstock promovia sessões de video na própria loja, com uma tv de 20 polegadas no alto da pequena loja e um aparelho de video cassete. A loja ficava abarrotada de metaleiros se apertando para prestigiar os escassos videos que passavam na telinha.
Foi então que chegou a fita em VHS Combat Tour, registrando as bandas mais significativas do thrash metal da época: Venom, Slayer e Exodus. Era o auge destas bandas e era um sonho poder ver qualquer imagem delas em ação, já que era impossível assistir um show ao vivo, coisa que já ocorreu hoje em dia com estas três bandas aqui no Brasil. O máximo que ocorreu foi o show do Venom no ginásio do Corinthians ainda nos anos 80, mas foi uma grande decepção, pois o som estava péssimo, não era a formação original, enfim, quem estava lá sabe do que estou falando.
Posso dizer que Combat Tour teve o mesmo impacto de quando eu assistí pela primeira vez John Coltrane em video, tocando Impressions com Eric Dolphy. Eu não sei quem fez o rip do VHS e disponibilizou, mas eu e muitos, com toda certeza agradecemos por ter acesso à este material, depois de tanto tempo e posso dizer que o impacto é o mesmo daquela época.

Nenhum comentário:

 
 
Studio Ghibli Brasil