quinta-feira, fevereiro 08, 2007

Fim de um ranço da ditadura

Em tempos terríveis de enchentes, desatinos do prefeito, sequestros, uma boa notícia.
No início deste mês de Fevereiro, o governo do estado de São Paulo aprovou o projeto de lei de autoria do deputado Turco Louco que dispensa a obrigatoriedade da apresentação da carteira famigerada OMB(Ordem dos Músicos do Brasil), para apresentações musicais. Esta é uma batalha antiga, a OMB é uma instituição que foi criada na época da ditadura militar tendo o mesmo presidente que se diz eleito pela maioria dos votos dos músicos, sendo que a maioria odeia o presidente, e nunca se sabe quando ocorre a votação. Muito pouco se faz pelos músicos e cobram taxas abusivas. Só era visto alguma ação quando os fiscais da OMB saiam à la Inquisição do santo ofício atrás de músicos que se apresentavam sem a tal da carteira, ao absurdo que quererem confiscar os instrumentos de quem não tivesse o número da besta. Todos sabem como o músico tem a vida de sacrifícios, ganha mau pacas, principalmente o que toca na noite, nos bares e restaurantes. Aí vem os soldados da cruzada para lhe arrancarem a cabeça. Mas isso me lembrou um fato, conhecidos e amigos fizeram campanha para certo candidato e tentaram me convencer a votar por ser jovem, "conhecer" música, esporte, arte, cultura e tal, que iría fazer coisas boas no poder. O que se faz de diferente ter o Dia do Jovem? Nem no calendário aparece. Aí me vêm o Turco Loco que todo mundo chama de pilantra, filiado ao partido que ajudou a ferrar o país, e cumpre com o seu dever. É... como dizem por aí, Deus escreve certo por linhas tortas(tortas até de mais).

4 comentários:

Blog do Roberto Lira disse...

só tem um detalhe, e muito importante para desfazer um engano de sua parte.
A Biblia, Sagradas Escrituras, como você denominou, e é realmente, não tem em lugar algum dela, de Gênesis a Apocalipse, que DEUS o verdadeiro Deus, escreva por linhas tortas... Não mesmo!!!!!
Pode até ser que algum "deuszinho" destes por aí, até escreva por assim; Não é o caso do Deus da Bíblia. Falei!!!!

Léo disse...

Cara, eu não tenho e nunca tive nada contra o Turco Louco, não mesmo. Acho q ele não cheira nem fede.Mas, um treco deste tem q ser em todo terrítorio nacional e uma lei mais séria, não sou a favor do fim da OMB e sim contra a obrigatoriedade dela.Se ela funcionasse perfeitamente e fosse algo opcional e não uma coisa q vc nem sabe o que o senhor wilson sandoli faz da vida, as propinas de fiscais, a chatice que agem contra instituições sérias como o sesc por exemplo.Tem que ser coisa séria, que realmente trabalhe para recolocar o músico, para que o músico não viva no perrengue, que tenha assistencia médica, seguro de vida e acidentes estas coisas.Não se pode ter qualquer coisa assim não, tem que entrar em contato com gente do ramo e não ouvir babaquices de amigos dele como João Gordo, por exemplo.

akirarw disse...

roberto, obrigado pela correção, eu quis dizer mais era sobre aquilo que as pessoas falam.

akirarw disse...

léo, é isso mesmo, não sou contra a existência da OMB, mas só q ela fosse uma parada de responsa mesmo. do jeito q está é melhor assim mesmo, q ela não seja obrigatória.

 
 
Studio Ghibli Brasil