quinta-feira, maio 07, 2009

The Human League - (keep feeling) Fascination - 1983 e a arte do videoclip

video
Na metade dos anos 80 os videos promocionais, conhecidos como videoclips, não eram veiculados com tanta frequência como hoje em dia. Hoje temos mais de uma opção em programações televisivas especializadas em videoclips, além da pioneira MTV, inaugurada em 01/08/1981 como canal de tv à cabo em New York e chegou ao Brasil uma década depois de sua criação.
Em 1986 o clip da música Money For Nothing (Dire Straits) foi eleito
"Video of the Year" pelo MTV Music Awards e foi um dos primeiros a usar a computação gráfica. Ian Pearson e Gavin Blair criaram a animação usando um Bosch FGS-4000 CGI system, no estúdio Rushes.
Me lembrei do grupo inglês de synthpop formado em Sheffield, 1977 e seu video clip feito em 1983 com a música (keep feeling) Fascination. Por mais de 20 anos não me saiu da memória a qualidade deste clip, que era desprovido das facilidades da computação gráfica de hoje em dia. Mas é claro que o video era um complemento do mais importante: a música. Fascination é uma bela música e também não contava com tantos recursos de produção. A música do Human League era fruto de criatividade artística e talento musical. Quanto clip de Fascination, assista e veja os detalhes de produção, levando em conta que não há computação gráfica e foi realizado em 1983.
Hoje em dia temos uma multidão de videoclips impressionantes em termos de produção visual e musical, mas a maior parte deles chegam ao esquecimento com facilidade por serem extremamente genéricos e obviamente as músicas sofrem deste mal. Há uma superprodução e a supervalorização dos produtores musicais em detrimento da criatividade artística e talento musical. São como as embalagens de alimentos industrializados, coloridos, ótima apresentação visual, mas na hora que se consome, vem o sabor insípido.

Nenhum comentário:

 
 
Studio Ghibli Brasil